RADARES JUNDIAI

RADARES JUNDIAI

Mensagempor Viviane » Qua Jan 20, 2010 7:32 am

FISCALIZAÇÃO
20/1/2010

Big Brother do trânsito terá 53 radares 24 horas
--------------------------------------------------------------------------------

RUI CARLOS Entre os diversos locais, os radares também estão instalados em uma das principais entradas da cidade
Os 53 radares instalados nas principais ruas de Jundiaí começam, amanhã, a multar os infratores. A qualquer hora do dia ou da noite, o motorista deve ficar atento e diminuir a velocidade sempre que se aproximar de um destes equipamentos. Os radares foram aferidos pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

De acordo com a Secretaria Municipal de Transportes, a fiscalização terá diversas características. Em 50 pontos, os radares serão fixos - mas não vão multar ao mesmo tempo, operando em esquema de rodízio. Em outros três locais, os técnicos optaram pela instalação de lombadas eletrônicas. Todos os equipamentos fazem a leitura automática das placas dos veículos.

O objetivo é reduzir a quantidade de mortos em acidentes de trânsito. Entre janeiro e setembro de 2009, foram registrados 3.093 acidentes, com 215 atropelamentos. No total, morreram 31 pessoas (cinco das quais, atropeladas). Segundo a Setransp, a cidade registra uma média de 38 acidentes por semana.

Os radares são mais uma das medidas propostas pela campanha "Paz no Trânsito" - que já distribuiu panfletos e adesivos, tanto em escolas quanto entre frequentadores de bares noturnos. Uma pesquisa indicou que os motoristas entre 20 e 30 anos foram as maiores vítimas dos acidentes graves em Jundiaí. E a maior quantidade de mortes aconteceu nos finais de semana.

A Prefeitura informa, também, que todos os pontos que irão receber a fiscalização eletrônica já foram sinalizados. Esta, no entanto, é a maior queixa e motivo de preocupação dos motoristas - que consideram a sinalização "falha" ou até "inexistente". O aposentado Benedito Gonçalves, 67 anos, morador na Vila Rami, diz que é uma grande vítima destes equipamentos.

"Eu sou contra o uso do radar móvel, porque acho que falta sinalização. Além disso, a velocidade máxima muda, em uma mesma rua, e você acaba sendo surpreendido", opina. Já a autônoma Carolina Buzatto Krell, 30 anos, moradora na Vila das Hortências, aprova o uso dos radares. "Só acho que a sinalização é falha", contesta. Além do risco à vida, fica o lembrete: ultrapassar no vermelho é infração gravíssima, com sete pontos na CNH e multa de 180 Ufirs: R$ 191,53.



Aqui tem radar - Conheça os pontos que serão monitorados por radar: avenidas Antonio Frederico Ozanan, 14 de Dezembro, Prefeito Luiz Latorre, Imigrantes Italianos, Jundiaí, Samuel Martins, 9 de Julho, União dos Ferroviários, Manoela Lacerda de Vergueiro, da Uva, Nações Unidas, Antenor Soares Gandra, Antônio Segre, Antônio Pincinato, Osmundo dos Santos Pelegrini, Olavo Guimarães, Humberto Cereser e Comendador Antônio Borin; alameda Cesp; ruas Molina, Vigário JJ Rodrigues, da Várzea, Eduardo Tomanik, Messina, Bom Jesus de Pirapora e Giustiniano Borin e rodovia Vereador Geraldo Dias.


CARLOS SANTIAGO

http://www.portaljj.com.br/interna.asp? ... _ID=102237
Grata

Viviane Demarchi
Avatar de usuário
Viviane
 
Mensagens: 374
Data de registro: Ter Nov 03, 2009 8:20 am
Localização: Jundiai/SP

Retornar para avisos

Quem está online

Usuários vendo este fórum:: Google [Bot]

cron